10 de setembro de 2008

Teleguiado MTV

Em 1995 a MTV, como todo ano e como todas as emissoras, veio com nova programação. Esse foi um ano marco para a emissora pois entre os novos programas, estava o Teleguiado: o primeiro programa ao vivo e interativo da MTV (e deve ter sido o primeiro programa interativo da televisão brasileira).
A idéia era simples: Cazé recebia telefonemas dos telespectadores cadastrados que pediam clipe e colocávamos na hora. Qualquer clipe que tivesse na casa. E só uma regra valia: se pedisse clipe que já tivesse passado na semana tomaria o famoso “NA CARA”. Cazé desligava o telefone na cara da pessoa.
Se não me engano o programa entrou no ar em março de 1995, nesse primeiro ano das 12h30 as 13h00. Era uma correria, pois eu e Cazé terminávamos de gravar o Na Chapa (que em breve falarei dele aqui) por volta das 12h00, ele ia para o camarim se trocar enquanto o pessoal do estúdio montava o cenário. O cenário do Na Chapa e o do Teleguiado eram duas “estantes” que de um lado era o Na Chapa e do outro o Teleguiado. Tínhamos também uma velha cadeira de barbeiro, uma micro câmera e mais alguns objetos de cena.
A partir de 1996 até seu fim, acho que em 1999, o Teleguiado ia ao ar das 20h00 as 20h30.
Fiz a direção do programa de 1995 até o final de 1998, ou seja, quase quatro anos ao vivo e diário. Não havia feriado. E era uma aventura.
A princípio, claro, todos nervosos, pois programa ao vivo era novidade na casa. O assunto? Papo furado. Nos primeiros meses Cazé perguntava da escola, do almoço, usava os textos do Na Chapa para criar assuntos (o Na Chapa era sobre cultura inútil).
Nesses anos todos que fiquei a frente do programa aconteceu de tudo. Teve até uma vez que Cazé foi ao banheiro cinco minutos antes de entrar no ar. Segurei a entrada do programa o quanto pude, até que tive que começar o programa sem o Cazé. Escrevi na tela: “Cadê o Cazé?”, subi a trilha e a câmera ficou passeando pela cadeira vazia. Deu 1 minuto e Cazé apareceu. Um minuto na televisão é uma eternidade!
Depois de 6 meses no ar, já sabíamos lidar com o ao vivo. Cazé também começou a ir atrás de assuntos para abordar no programa, inventou o ‘Dia de Chiva’, que era toda sexta-feira, quando ele destruía algum objeto, e foi de tudo: microondas, televisão, geladeira, bonecos de políticos, enfim, o que se pode imaginar. Nos primeiros, claro, chegamos a tomar bronca da direção, pois usávamos a escada de incêndio para colocar fogo em alguns objetos.
Tinha programa que era uma festa e tinha programa que era muito chato. Fazíamos placar de clipe nacional contra clipe internacional. Fazer televisão ao vivo é uma delícia, não há coisa melhor. Pode acontecer de tudo e isso que é legal.
Mas chegou 1998, as coisas mudaram bastante na MTV, o meu tesão pelo Teleguiado não era o mesmo e no momento oportuno acabei saindo. Até porque eu não fazia só o Teleguiado, fazia mais uma penca de programas. Mas foi legal, uma verdadeira escola.
Pena que aqui não possa me aprofundar mais em outras boas histórias do programa... hehe.
Ah! A música de abertura do programa, que muita gente perguntava na época, era do Pizzicato Five.
Teleguiado no You Tube:
http://www.youtube.com/watch?v=uP061WtlPsk

2 comentários:

Mayara disse...

Saudades demaaaaisssss do programa!!! Tentei participar dele desde que entrou no ar até parar e nunca consegui, muito hilário!
Queria que nunca tivesse parado de passar, adorava muito!

Diego disse...

Onde podemos encontrar mais vídeos deste programa. Vc não tem como conseguir diretamente na MTV ? Abraço !