21 de agosto de 2011

Autoramas & BNegão ou Auto Planet ou Hemp Ramas

Nunca fiz esse tipo de coisa no Sete Doses de Cachaça. Mas depois de assistir ontem (sábado 20/08/2011) ao show de Autoramas e BNegão, não pude deixar de registrar esse momento divertidíssimo para postar aqui.

O show aconteceu no Beco 203, na Rua Augusta. Recentemente fui lá para ver (e nunca mais esquecer) o belíssimo show do Television.

Mas de longe esse encontro de Autoramas e BNegão gerou o show mais divertido que vi no Beco. A casa abriu esse ano, e já fui no mínimo em uns 10 shows. Fora esse outro bem divertido também foi o Mockers (só belíssimas versões de Beatles).

O show começou acho que às duas da manhã e eu no maior ressacão brabo! Só na tota tola. 6ª feira foi loooooonga e divertida. Confesso que em um certo momento em casa me vi cantando "Should I Stay or Should I Go", mas como sabia que algo bom ia acontecer, então... Há anos não via um show do Autoramas e a banda tem tocado um bocado aqui em São Paulo. Sou fã das letras e riffs de Gabriel, o Thomaz.


Primeiro Autoramas fez um set seu, de (acho) sete músicas (uma nova), depois entrou BNegão e foi assim até o final. Tocaram Planet Hemp (algumas), Little Quail, Daft Punk, uma lindíssima versão de Lou Reed (“Walk on the Wild Side”), Dança do Patinho, uma engraçada versão de “Let’s Groove” do Earth, Wind and Fire, “Garotos do Subúrbio” do Inocentes e fechando com chave de ouro um B-52’s..

Sou péssimo para analisar números, mas me arrisco em dizer que devia ter uma 300 pessoas lá e uma das coisas que fez o show ficar mais engraçado e divertido foi o astral de todo o lugar. Todo mundo dançando, todo mundo já alto, todo mundo cantando. Bom demais!

Aí a certa altura eu vi que aquele momento valia à pena registrar – e tinha um monte de gente fazendo isso, até uns fotógrafos profissionais. Então puxei a câmera do meu celular, que é um lixo e fiz diversas fotos. Não satisfeito também fiz tocos vídeos de 15 segundos cada. O Nokia X2-01 pode ser bonito e caro (não comprei), mas sua câmera é um lixão.

Encontrei também o velho camarada Cazé Pecini. Esse showzaço ajudou a minha ressaca passar um pouco.

PS: Se a câmera de foto do celular é lixo, imagine então a de vídeo. O que vale é o registro, mesmo que podre.


















video


video

video

Nenhum comentário: